CATL
Particularidades
  • Escolaridade: 1º ciclo
  • Horário: 07h30 - 19h30
  • Transporte: Disponível
  • Almoço: Opcional
  • Lanche: Opcional
  • Equipa: (3) Professoras | (2) Auxiliares
  • Inglês: Incluído (3º e 4º ano)

O Amanhã da Criança possui a valência de Centro de Atividades de Tempos Livres, com capacidade para receber, no total, 75 crianças.

O CATL dispõe de uma sala de acolhimento e duas salas de estudo.


Horário:

De segunda a sexta, entre as 07h30 e as 19h30.

Encerra nos feriados, Dia de Carnaval e Dia de S. João.

O Amanhã da Criança funciona durante os 12 meses, com obrigatoriedade das crianças se ausentarem por um período de 22 dias, a escolher pelos pais.


Atividades extracurriculares:

As crianças do CATL podem inscrever-se em todas as atividades extracurriculares.

Inclui:

- Alimentação, com a modalidade CATL com almoço (exceto produtos não incluídos na lista de produtos alimentares específicos, fornecidos pela Instituição);

- Acompanhamento escolar das 15h às 19h;

- Língua Inglesa (para o 3º e 4º ano);

- Seguro;

- Transporte para atividades extracurriculares realizadas no exterior e visitas de estudo, desde que seja com o nosso autocarro, se houver disponibilidade.


Não inclui:

- Alimentação, com a modalidade CATL sem almoço;

- Uniformes;

- Serviços técnicos de apoio especializado;

- Atividades Extracurriculares.

- Transporte ao domicílio.


Mensalidade:

O cálculo da mensalidade é efetuado através da seguinte fórmula:

RC = (RAF/12–D) / N


Em que (RC) representa o rendimento per capita, (RAF) o rendimento (anual ou anualizado) do agregado familiar, (D) as despesas mensais fixas (valor da renda de casa/empréstimo e/ou despesas com medicação de doença crónica devidamente comprovada) e (N) o número de elementos do agregado familiar.


Se quiser uma simulação, entregue, por favor, na secretaria, os seguintes documentos:

- Folha do vencimento atual (3 últimos recibos)

- Amortização ou renda da casa

- IRS mais atual


Pode também enviar um e-mail para eliana@acrianca.pt com todos os documentos e pedir que seja efetuada a simulação da mensalidade.

Não existem orientações curriculares nacionais e por isso os objetivos do CATL baseiam-se no acordo de cooperação estabelecido com o Centro Regional de Segurança Social e, por outro lado, nas competências definidas no Currículo Nacional do Ensino Básico – Competências Essenciais.


Todas as atividades promovidas têm como finalidade desenvolver a criança de forma harmoniosa e global, isto é, dotá-la de um conjunto de competências e habilidades que promovam a capacidade de utilizar os conhecimentos adquiridos em situações diversas. As competências, ou seja, a integração dos conhecimentos, capacidades e atitudes, onde o saber é entendido como “saber em uso ou em ação”, são o pilar que apoia a escolha das oportunidades e experiências educativas que se proporcionam aos alunos.


Deste modo, podemos afirmar que todo o nosso trabalho pretende incrementar a consciência cívica da criança, para que assim se promova a formação de cidadãos responsáveis, críticos, ativos e intervenientes. Tal objetivo encontra-se corroborado na Lei de Bases do Sistema Educativo (artigos 7.º e 8.º da Lei n.º 46/86): “assegurar uma formação geral (…) desenvolvimento dos seus interesses e aptidões, capacidade de raciocínio, memória, espírito crítico, criatividade, sentido moral e sensibilidade estética, promovendo a realização individual em harmonia com os valores da solidariedade social”.


Para a orientação do trabalho desenvolvido no CATL encontram-se definidos, no artigo 18º do Regulamento Interno da Instituição, os objetivos que se pretendem promover. Nessa definição tivemos o cuidado de consultar e adaptar as orientações, competências e objetivos definidos, quer no acordo de cooperação referido quer na organização curricular do 1º Ciclo, quer ainda nas competências definidas pelo Departamento da Educação Básica.


Em suma, a formação e construção do futuro cidadão é feita de acordo com os seguintes objetivos:

1 - Possibilitar à criança oportunidades de realização pessoal, através de atividades livres do seu agrado;

2 - Fomentar o espírito associativo, de iniciativa, de responsabilidade, de planificação e de organização;

3 - Fazer despertar a capacidade criativa e o sentido crítico;

4 - Estimular a capacidade de realização e de utilização dos recursos locais;

5 - Favorecer experiências de organização com envolvimento do meio em que vivem;

6 - Constituir um estímulo direto para o estabelecimento de relações positivas, entre famílias, escola e comunidade;

7 - Desenvolver a expressão e comunicação através de linguagens múltiplas como meio de relação, de informação, de sensibilização estética e de compreensão do mundo;

8 - Proporcionar à criança ocasiões de bem-estar e de segurança, nomeadamente no âmbito da saúde individual e coletiva;

9 - Incentivar a participação das famílias no processo educativo e estabelecer relações de efetiva colaboração com a comunidade;

10 - Promover o desenvolvimento pessoal e social da criança com base em experiências de vida democrática numa perspetiva de educação para a cidadania;

11 - Fomentar a inserção da criança em grupos sociais diversos, no respeito pela pluralidade das culturas, favorecendo uma progressiva consciência como membro da sociedade.


De acordo com as necessidades de cada criança é elaborado um plano de intervenção que compreende os seguintes serviços:

- Atividades orientadas de acordo com o currículo escolar;

- Atividades extracurriculares;

- Alimentação;

- Apoio psicossocial;

- Serviço de enfermagem e psicologia.

- Serviços Administrativos: 229 783 190

- Receção: 220 998 342

- Coordenadora Pedagógica: 220 998 345