Centro de Dia
Particularidades
  • Nº de utentes: 50
  • Horário: 08h30 - 18h00
  • Transporte: Disponível
  • Almoço: Incluído
  • Lanche: Incluído
  • Atividades: Incluídas
  • Serviços de saúde: Incluídos

O Amanhã da Criança possui a valência de Centro de Dia, com capacidade para receber, no total, 50 utentes. O idoso é, como qualquer outro, um indivíduo que atravessa um processo contínuo de desenvolvimento e de profundas transformações biológicas, psicológicas e sociais, que se inicia na génese e o acompanha até ao fim dos seus dias. Não é, portanto, nem uma criança nem um deficiente, apesar de possíveis processos evolutivos de alguma demência. Assim, a sua vasta e longa experiência de vida é sempre um fator de privilégio que temos em consideração, e por isso, a participação dos utentes na definição das regras que orientam o funcionamento do Centro de Dia, assim como a sua dinâmica diária, são um facto. Pretendemos, no fundo, que o Centro de Dia seja um espaço dos, para e com os utentes.


Horário:

De segunda a sexta, entre as 08h30 e as 18h00.

Encerra nos feriados, Dia de Carnaval e Dia de S. João.

O Amanhã da Criança funciona durante os 12 meses.

É condição de admissão:

- Ser sócio da Associação de Solidariedade Social O Amanhã da Criança;

- Não sofrer de qualquer doença contagiosa que ponha em risco a saúde dos demais utentes;

- Usufruir de um grau de autonomia mínimo que lhe permita ir à casa de banho e alimentar-se, sem ajuda.


O processo de candidatura tem, obrigatoriamente, que ser acompanhado dos seguintes documentos:

- Cartão de cidadão (BI, NIF, NISS)

- Comprovativo de rendimentos e/ou pensões;

- Comprovativos de despesas fixas (Renda de casa, encargos fixos com transportes públicos e despesas de farmácia);

- Dossiê clínico do médico de família, com informação pormenorizada sobre o estado de saúde e onde conste a descrição da terapêutica prescrita (medicação regular e respetiva posologia).

Na prossecução dos seus objetivos e conforme as necessidades e as expectativas de cada um, o Centro de Dia disponibiliza aos seus utentes os seguintes serviços:

- Alimentação;

- Possibilidade de convívio e ocupação diários (Passeios, atividades ocupacionais, espetáculos, ginástica, intercâmbio interinstitucional, entre outros), existindo para tal um Plano de Atividades;

- Prestação de alguns cuidados de saúde, nomeadamente a colaboração com os serviços de saúde;

- Apoio Psicossocial;

- Férias organizadas;

- Cuidados de higiene pessoal;

- Tratamento de roupas;

- Higiene do domicílio;

- Transportes;

- Serviços aos fins de semana e feriados;

- Outros serviços: Pequenas compras como medicação e artigos para casa, pequenas reparações no domicílio, executadas pelos serviços de manutenção da Associação.

Com os utentes do Centro de Dia trabalham, diretamente, os seguintes funcionários:

- Técnico Superior de Serviço Social;

- Psicóloga;

- Enfermeiros;

- Animadora Sociocultural;

- Auxiliares de Ação Direta;

- Auxiliar de Serviços Gerais;

- Indiretamente, trabalham, ainda, as cozinheiras, que na cozinha da Associação confecionam as refeições e um motorista que conduz o autocarro em saídas e passeios com os idosos.

O cálculo da mensalidade é efetuado através da seguinte fórmula:

RC = (RAF/12–D) / N


Em que (RC) representa o rendimento per capita, (RAF) o rendimento (anual ou anualizado) do agregado familiar, (D) as despesas mensais fixas (valor da renda de casa/empréstimo e/ou despesas com medicação de doença crónica devidamente comprovada) e (N) o número de elementos do agregado familiar.


As comparticipações mensais do Centro de Dia correspondem a 40% do rendimento per capita.

Se quiser uma simulação, entregue, por favor, na secretaria, os seguintes documentos:

- Comprovativo do rendimento/ pensão do ano em curso;

- Amortização ou renda da casa;

- Despesas de farmácia.


Pode também enviar um e-mail para eliana@acrianca.pt com todos os documentos e pedir que seja efetuada a simulação da mensalidade.

- Minorar a situação de dependência e isolamento que o processo de envelhecimento acarreta;

- Prestar serviços que satisfaçam as necessidades básicas dos utentes;

- Prestar apoio psicossocial;

- Fomentar as relações interpessoais entre os idosos e destes com outros grupos etários.

Os idosos padecem e convivem com variados e, por vezes, complexos problemas de saúde que, não raras vezes, geram níveis elevados de ansiedade, fadiga, depressão e, sobretudo, grandes dificuldades na habilidade psicológica para aceitar o avançar da idade e as suas consequências. São, muitas das vezes, pessoas que perderam a habilidade de adquirir ou reter informação recente, de formar novos conceitos, de pensar com flexibilidade, refletindo-se este facto na perda de capacidade funcional geral. Enfim, deparam-se com mudanças drásticas e limitativas na sua vida. Está aberto o caminho à passividade, à dependência e mesmo à depressão, tendo como consequência vivências caracterizadas por alterações no apetite e no sono, falta de motivação, sensação de “ser inútil”, baixos níveis de autoestima e estados de ira e ressentimento.


No sentido de contrariar este quadro, tentando devolver ao idoso um dia-a-dia com qualidade e sentido, a metodologia de trabalho passa sobretudo por:


- Projetar e realizar com os utentes atividades com metas possíveis de alcançar, que lhes permitam reconhecer, compreender e aceitar mudanças que o processo de envelhecimento acarreta nas suas atividades diárias;

- Acompanhamento pessoal no sentido do idoso compreender que não está só e que, apesar de todas as vicissitudes e limitações, a sua vida pode ser saudavelmente ocupada de outra forma que não a da inação e dos pensamentos negativos, autodepreciativos e, por vezes, mesmo autodestrutivos;

- Discutir e clarificar alguns tabus, muitas vezes falsos, que existem em torno do processo de envelhecimento;

- Acompanhamento pessoal no sentido de encontrar soluções para situações particulares, nomeadamente através do estabelecimento de contactos e disponibilização de informação facilitadora de acesso a outros serviços da comunidade.

- Serviços Administrativos: 229 783 190

- Centro de Dia: 229 783 908

- Assistente Social: 220 997 963