SAD
Particularidades
  • Nº de utentes: 50
  • Almoço: Disponível
  • Cuidados de Higiene: Incluído
  • Tratamento de Roupas: Disponível
  • Funcionamento: Seg. a Dom. e Feriados

O Amanhã da Criança possui a valência de Serviço de Apoio ao Domicílio, com capacidade para servir, no total, 50 utentes.


O principal objetivo desta valência é a satisfação das necessidades dos indivíduos e respetivas famílias, que, por motivo de doença, deficiência ou outros, não possam assegurar, temporária ou permanentemente, as atividades de vida diária e/ou careçam de tratamento na doença, contribuindo para a salvaguarda da sua integração no seu meio social natural.


Horário:

De segunda a sexta, entre as 08h30 e as 17h00.

Sábados, Domingos e Feriados, entre as 10h00 e as 13h00.

O Amanhã da Criança funciona durante os 12 meses.

É condição de admissão:

- Ser sócio da Associação de Solidariedade Social O Amanhã da Criança;


O processo de candidatura tem, obrigatoriamente, que ser acompanhado dos seguintes documentos:

- Cartão de cidadão (BI, NIF, NISS)

- Comprovativo de rendimentos e/ou pensões;

- Comprovativos de despesas fixas (Renda de casa, encargos fixos com transportes públicos e despesas de farmácia);

- Dossiê clínico do médico de família, com informação pormenorizada sobre o estado de saúde e onde conste a descrição da terapêutica prescrita (medicação regular e respetiva posologia).

A metodologia de intervenção do Serviço de Apoio a domicílio baseia-se, essencialmente, no acompanhamento pessoal a fim de encontrar soluções que vão de encontro aos objetivos da valência e ainda no estabelecimento de contactos e na disponibilização de informação facilitadora de acesso a outros serviços da comunidade.


Assim, de acordo com as necessidades de cada situação, é elaborado um plano de cuidados que compreende os seguintes serviços:

- Cuidados de higiene e conforto pessoal;

- Distribuição diária de almoço;

- Tratamento de roupas;

- Manutenção semanal da higiene da habitação;

- Colaboração na prestação de cuidados de saúde;

- Apoio psicossocial;

- Apoio em situações de emergência;

- Prestação de serviços aos fins de semana e feriados;

- Outros serviços: pequenas compras como medicação e artigos para casa, pequenas reparações no domicílio executadas pelos serviços de manutenção da Associação.

Com os utentes do Serviço de Apoio Domiciliário trabalham os seguintes funcionários:

- Técnico Superior de Serviço Social;

- Psicóloga;

- Enfermeiros;

- Auxiliares de Ação Direta;

- Indiretamente, trabalham ainda as cozinheiras, que na cozinha confecionam as refeições e uma trabalhadora de Serviços Gerais, que na lavandaria lava e passa a ferro as roupas dos utentes.

O cálculo da mensalidade é efetuado através da seguinte fórmula:

RC = (RAF/12–D) / N


Em que (RC) representa o rendimento per capita, (RAF) o rendimento (anual ou anualizado) do agregado familiar, (D) as despesas mensais fixas (valor da renda de casa/empréstimo e/ou despesas com medicação de doença crónica devidamente comprovada) e (N) o número de elementos do agregado familiar.


As comparticipações mensais do S.A.D. oscilarão entre o valor mínimo de 40% e o valor máximo de 75% do rendimento per capita, consoante os serviços prestados, distribuindo-se a percentagem por:

- Alimentação (25%)

- Tratamento de Roupas (15%)

- Higiene Pessoal (20%)

- Higiene Domiciliária (15%)


Se quiser uma simulação, entregue, por favor, na secretaria, os seguintes documentos:

- Comprovativo do rendimento/pensão do ano em curso;

- Amortização ou renda da casa;

- Despesas de farmácia.


Pode também enviar um e-mail para eliana@acrianca.pt com todos os documentos e pedir que seja efetuada a simulação da mensalidade.

- Serviços Administrativos: 229 783 190

- Assistente Social: 220 997 963